Lnove Notícias - A notícia exata do Maranhão

MENU

Notícias / Destaques

Maranhão já soma R$ 350 milhões em 2023 para investimentos em parceria com bancos públicos

País soma um total de R$ 56,4 bilhões aprovados em operações de crédito via BNDES, BB e CAIXA. Valor é maior do que a soma dos últimos quatro anos.

Maranhão já soma R$ 350 milhões em 2023 para investimentos em parceria com bancos públicos
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No ano em que o país celebra uma retomada recorde dos investimentos em estados e municípios a partir de financiamentos de bancos públicos, os contratos firmados com o estado do Maranhão totalizam R$ 350 milhões.

Na linha com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a maior parte dos investimentos, cerca de R$ 190 milhões será destinada à execução de quatro trechos de vias estaduais relevantes para cadeias econômicas de impacto local (turismo, setor pesqueiro, agricultura familiar). Os municípios com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) baixo serão priorizados.

Outros R$ 160 milhões serão aplicados em projetos de modernização da gestão e administração tributária e financeira estadual, visando o aumento das receitas, melhoria da gestão em saúde e fortalecimento da transparência.

Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante reunião de Anúncios de Investimentos de Bancos Públicos em Estados, no Palácio do Planalto. Brasília - DF. Foto: Ricardo Stuckert / PR

 

Brasil:

No país como um todo, as operações de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), CAIXA e BB em 2023 superam a soma dos quatro anos anteriores e ajudam a gerar empregos, dinamizar economias e aprimorar infraestrutura.

"É para isso que existem bancos públicos: para fazer aquilo que muitas vezes a iniciativa privada não quer fazer. A orientação é essa: prefeito não é bandido, governador não é bandido. Se ele estiver com as contas em dia, tem direito de ir ao banco, pedir financiamento e o banco financiar" - afirmou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a cerimônia que marcou esses anúncios, nesta terça-feira (12), no Palácio do Planalto, em Brasília.

São 56,4 bilhões neste ano contra 12,3 bilhões em 2022, 15,6 bilhões em 2021, 13,7 bilhões em 2020 e 10,8 bilhões em 2019 (confira quadro). Desse total, são R$ 32,1 bilhões para aplicação em 16 estados e R$ 24,3 bilhões para investimentos em 805 municípios de 25 Unidades Federativas.

Na divisão entre os bancos, há R$ 22 bilhões contratados via BNDES, R$ 15,2 bilhões pela CAIXA E R$ 19,2 bilhões por intermédio do Banco do Brasil. Existem, ainda, outros R$ 23,5 bilhões em fase de negociação, aprovação e/ou contratação com as três instituições financeiras.

Entre os objetivos dos investimentos, a área de saneamento recebe maior operação de crédito: R$ 15 bilhões, seguida por mobilidade (R$ 13,2 bi), infraestrutura urbana (R$ 10,1 bi), multieixos, que inclui transportes, infraestrutura urbana e social (R$ 5,5 bi) e transportes (R$ 3,9 bi).

"Isso ajuda não só a movimentar a economia. O objetivo central é o cidadão, e é para isso que precisamos atuar" - disse o presidente em exercício da Caixa, Marcos Brasiliano.

Créditos (Imagem de capa): Foto: Divulgação/GettyImages

Comentários:

/Dê sua opinião

Qual o seu nível de satisfação com o Governo Brandão?

Nossas notícias no celular

Receba as notícias do Lnove Notícias no seu app favorito de mensagens.

Telegram
Whatsapp
Entrar

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!